Propaganda revolucionária toma as ruas e muros do Distrito Federal e Entorno!

“Deem os primeiros golpes, deem o exemplo; tenham não só a ousadia, mas também o ódio tenaz que nunca desarma.”

Mikhail Bakunin, Carta a Albert Richard, 1870.

Nesta última semana de julho as ruas e muros do Distrito Federal e Entorno foram tomados pela propaganda revolucionária organizada por militantes bakuninistas e demais camaradas do movimento estudantil combativo. A propaganda levou aos muros da cidade de Brasília diversas mensagensem defesa da revolta popular e da greve geral [veja fotos abaixo]. Na cidade de Valparaíso (cidade do Entorno do DF), onde a apenas uma semana o povo apedrejou a prefeitura e queimou cerca de 10 ônibus, a mesma prefeitura amanheceu na sexta (28/06) com uma bela pintura em seus muros que dava o recado das ruas: “Passe Livre Já! – UNIPA”. Nem mesmo o prédio do batalhão de choque ao lado da prefeitura impediu a ousadia dos militantes combativos. Além das mensagens nos muros, mais de 700 cartazes defendendo a auto-organização popular e a ação direta foram colados em diversos bairros e periferias do DF e Entorno. As colagens atingiram os muros e paradas de ônibus do Paranoá, Planaltina, Arapoangas, Taguatinga, Brasília e em diversas cidades do Entorno Sul: Novo Gama, Pedregal, Céu Azul, Cidade Jardins e Valparaíso I e II.

Neste momento de massificação e radicalização das lutas abre-se também o campo para a disputa ideológica entre os setores revolucionários e os setores reacionários/ burgueses (em geral representados pela mídia burguesa), e também com os partidos e centrais sindicais reformistas e burocráticas que em maior ou menor grau fazem coro com a ideologia burguesa. Os muros, as ruas, e principalmente a experiência prática da luta, se apresentam como a verdadeira escola para o proletariado e a juventude. É fundamental que os militantes revolucionários e anarquistas também se lancem na tarefa (agitativa, propagandista e organizativa) de disputa das massas, em cada local de trabalho, estudo e moradia e também nas próprias mobilizações e barricadas. Que se lancem nesta tarefa para não apenas engrossar as fileiras das manifestações de rua (tarefa imprescindível da luta anarquista revolucionária), mas trabalharem em dobro para aprofundar uma nova organização popular e levantar a ampla defesa ideológica da ação direta das massas em oposição ao parlamentarismo e demais métodos burgueses da “esquerda” e da “direita” brasileira. Essa tarefa é importante para manter as massas armadas ideologicamente durante e após o ápice do movimento, desenvolvendo ainda mais o salto de qualidade ao qual estamos envolvidos, ou seja, desenvolvendo a capacidade política da classe trabalhadora fundamentada na ação direta e na organização popular.

Anarquismo é luta!

Chega de ilusão, é hora de ação! 

Reconstruir o Sindicalismo Revolucionário!

prop (1)

prop (3)

prop (2)

prop (13)

prop (8)

prop (10)

prop (4)

prop (11)

prop (9)

prop (7)prop (6)

prop (12)

Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s