I Congresso Anarquista do Piauí (CONAPI), 18 a 20 de Abril, Teresina

conapiCamaradas, é com grande satisfação que nós da União Popular Anarquista (UNIPA) viemos reforçar o chamado do para o I Congresso Anarquista do Piauí, a ser realizado nos dias 18, 19 e 20 de Abril, na Universidade Federal do Piuai em Teresina. O congresso é organizado pelo Grupo de Estudos Anarquistas do Piauí (GEAPI) e mais informações podem ser acessadas pelo site: http://conapi2014.blogspot.com.br/

Primeiramente, cabe ressaltar que esse Congresso não é fruto do acaso, e sim das condições políticas e sociais que estão colocadas em nosso país. Estamos vivendo uma conjuntura em que as massas populares aprofundam a rejeição as velhas práticas eleitoreiras e oportunistas das burocracias sindicais e partidárias, e o anarquismo vem ganhando espaço na luta de classes especialmente através do protagonismo corajoso nos enfrentamentos e na prática da ação direta. Diversos grupos estão surgindo e o anarquismo é colocado a prova no debate público.

Porém, esse momento positivo é também de grandes desafios, seja para enfrentar a burocracia e a repressão, seja para enfrentar as nossas próprias debilidades. A corajem e a abnegação são valores indispensáveis, porém, para travar uma luta revolucionária séria em nosso país é necessário mais do que isso. É necessário uma teoria e uma linha de massas (sindical, popular estudantil) correta, que de conta de apontar os caminhos a seguir. A libertação da classe trabalhadora exige mais do que boas “intenções”, exige respostas concretas dos anarquistas para combater a burguesia, a repressão e as burocracias, e para construir um novo movimento de massas de tipo-Sindicalista Revolucionário.

É nesse sentido que acreditamos que o I CONAPI pode ser um espaço importante de debate, articulação e encaminhamento, que arme os camaradas presentes para enfrentar as duras tarefas da luta revolucionária em nosso país. Tenham certeza que este Congresso fortalece a convicção de diversos trabalhadores, jovens, estudantes, em levantar a bandeira negra do Anarquismo. No ano do Bicentenário de nascimento de Mikhail Bakunin, de 150 anos da criação da Associação Internacional dos Trabalhadores (AIT) e de 80 anos do falecimento de Nestor Makhno, devemos reforçar nossos compromissos e nossa coerencia com essa gloriosa história e tradição anarquista revolucionária. Nenhum passo atrás, camaradas!

VIVA O 1º CONGRESSO ANARQUISTA DO PIAUI!

BAKUNIN E MAKHNO VIVEM!

ANARQUISMO É LUTA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s