Liberdade aos 23! Lutar não é Crime!

Polícia utilizou efetivo de mais de 1500 soldados e realizou um cerco em todo o protesto durante a final da Copa do Mundo no Rio de Janeiro

 

Os anos de 2013 e 2014 deixaram em evidência o processo de criminalização dos Movimentos Sociais, que aumentou devido ao aumento de protestos populares contra os grandes gastos da Copa do Mundo e da falta de serviços sociais garantidores das mínimas condições de vida ao Povo.

Durante as manifestações de 2014, especificamente no dia anterior da final da Copa, foi realizada uma mega operação pela polícia que prendeu 23 Lutadores no Rio de Janeiro. Os 23 são acusados pelo Estado “democrático de direito” de formação de quadrilha armada, depredação do patrimônio público, dentre outros crimes que, por vezes, se encontra obscuros na leitura do inquérito.

Dessa forma, o que fica claro diante do Governo Dilma/PT é uma continuidade das repressões mostradas nas ruas, utilizando mecanismos de repressão não tão novos, tais como escutas telefônicas, mandatos de busca nas residências dos acusados.

Mas o que o governo Dilma tem a ver com isso? Na Copa o executivo federal liderou uma experiência de junção nacional das variadas forças polícias (civil, militar, federal, Abin, exército etc.). Trabalhou-se com incremento de recursos humanos, tecnológicos, de inteligências, técnicas e outros. Este serviço permitiu boa parte das ações de prisão dos manifestantes. E esta mesma experiência está contida no programa de governo de Dilma PT até 2018.

liberdadeAs prisões foram feitas para aprofundar a política do medo protagonizada por este governo fascista do PT no período da Copa, e assim esmorecer os ativistas políticos que clamavam para que seus direitos básicos fossem atendidos, como Educação e Saúde de qualidade. Dos 23, 3 estão presos, porém um deles – Rafael Braga – não consta na lista e já foi condenado a 5 anos.

Não podemos nos calar diante de uma ditadura disfarçada de democracia, de um governo que reprime, prende e mata. As famílias, as companheiras e companheiros precisam de respostas. Haverá nova audiência que tratará do ponto sobre associação criminosa armada, em uma tentativa danosa de criminalizar as lutas sociais e o povo que se rebela. Com isso, convocamos a todos para participar da luta contra a criminalização das Lutas Sociais e pela libertação imediata dos presos políticos Igor Mendes, Rafael Gomes e Caio.

LUTAR NÃO É CRIME!
LUTAR É JUSTO E NECESSÁRIO!
LIBERDADE PARA OS 23!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s