TURQUIA | Atentado a bomba deixa 30 mortos e mais de 100 feridos! Dois anarquistas mortos!

Turquia-Suruc

É com muito pesar e ódio que recebemos a notícia de um atentado a bomba nessa segunda (20/07) que matou cerca de 30 pessoas e deixou mais de 100 feridos na cidade de ‪#‎Suruc‬ na fronteira com Rojava. Dentre os mortos estavam os jovens anarquistas Alper Sapan e Evrin Denis Erol, ambos de apenas 19 anos e militantes de organizações anarquistas. Além disso, outro anarquista chamado Caner ficou ferido mas já se encontra estável no hospital. Os camaradas faziam parte de um grupo de mais de 300 pessoas, convocados pela Federação da Juventude Socialista (SGDF), que estavam viajando para Kobane para ajudar na reconstrução da cidade e levar produtos de primeira necessidade.

As informações indicam que o Estado Islâmico é o responsável pelo ataque. Cumprindo o seu papel nefasto a mídia burguesa evidencia o “luto” do presidente da Turquia e dos EUA. No entanto, as palavras dissimuladas e imundas vindas do presidente Erdogan não podem esconder o papel cúmplice desse governo frente as ações fascistas e opressoras do ISIS. Na verdade, o governo de Erdogan é corresponsável pelos mortos e feridos e também deve pagar caro pela política militarista e opressora sobre as massas da Turquia, de Rojava e da região! Nenhuma “lágrima de crocodilo” dos poderosos poderá esconder suas garras sujas de sangue, nem poderá apagar a chama do ódio e da revolta que cresce no coração do povo!

Apenas a solidariedade e a luta revolucionária dos povos poderá vingar e honrar os camaradas tombados na guerra contra o ISIS, o Estado Turco e o imperialismo. A revolução de Rojava demonstra isso categoricamente. Continuar a luta dos jovens assassinados e fazê-la triunfar, eis o nosso dever! Segue um texto do jovem Alper Sapan: “Olá, sou Alper Sapan. Sou um anarquista de 19 anos. Estou contra a injustiça, a exploração e a tirania do Estado. Condeno a matança entre os povos, a violência e o Estado. Escuto a voz interior de minha consciência pela liberdade e me nego a servir ao exército. Por um mundo sem guerras, nações ou fronteiras, aonde ninguém possa ser um soldado, aonde ninguém possa matar os outros. Se o militarismo nos mata, deveríamos matar o militarismo.”

ALPER SAPAN E EVRIN DENIS, PRESENTES!
OS POVOS IRÃO VINGAR OS MORTOS EM SURUC!
NENHUM PASSO ATRÁS NA REVOLUÇÃO DE ROJAVA!

Alper-sapan

Alper Sapan.

Evrin-Deniz

Evrin Deniz.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s